sábado, 17 de junho de 2017

‘The Big Combo’: Um clássico ‘Noir’ com os elementos essenciais do ‘estilo’: Crimes, corrupção, escuridão, amor e traição! – Marcos Doniseti!

‘The Big Combo’: Um clássico ‘Noir’ com os elementos essenciais do ‘estilo’: Crimes, corrupção, escuridão, amor e traição! – Marcos Doniseti!
'The Big Combo' é um dos principais clássicos do 'Noir'. A fotografia do filme é marcante. O filme tem muitos fãs, incluindo Quentin Tarantino, que o homenageou em 'Cães de Aluguel'. 
‘The Big Combo’ foi realizado em 1955 e é um dos grandes clássicos do chamado filme ‘Noir’, um estilo ou gênero cinematográfico que até hoje possui milhões de fãs e admiradores em todo o mundo. 

O filme ‘Noir’ é debatido exaustivamente até os dias atuais, sendo que muitos estudiosos chegam a dizer que ele sequer existiu. A expressão foi criada por um crítico francês (Nino Frank) em 1946, cinco anos após a produção dos primeiros filmes do ‘gênero’, quando vários filmes policiais dos EUA foram exibidos na França. 

Os críticos franceses entendiam que tais filmes possuíam algumas características comuns, passando a considerar que eles constituíam um estilo diferente de filme Policial, ao qual chamaram de ‘film Noir’. 

Apesar das críticas, o uso da expressão ‘film Noir’ acabou sendo assimilada e é utilizada até hoje para classificar ou definir um determinado número de filmes policiais que foram produzidos entre 1941 e 1958, quando tivemos o auge do ‘gênero’. 
A escuridão é muito presente no filme, o que é resultado da forte influência que os filmes Noir sofreram do cinema Expressionista alemão. A maioria das cenas foi feita em ambientes com pouquíssima iluminação. O responsável pela bela fotografia do filme foi John Alton, que trabalhou em outros clássicos 'Noir' ('Raw Deal e 'He Walked By Night', produções de 1948). 
As listas mais recentes já incluíram cerca de 250 filmes sob esta denominação, embora nem todos os filmes possuam todas as características que os definiriam como sendo 'Noir'. 

Entre os principais elementos que são estão quase sempre presentes em um ‘film Noir’, nós temos: 

A) A existência de uma ‘Femme Fatale’ (quase sempre loira); 

B) Crimes; 

C) Policiais corruptos; 

D) Mafiosos e rufiões; 

E) Histórias tipicamente urbanas, que ocorrem em grandes cidades; 

F) Escuridão; 

G) Personagens ambivalentes; 

H) Fatalismo. 
A bela Susan Lowell tem um romance, que já dura quatro anos, com o mafioso Sr. Brown. Ele a trata de forma autoritária e controladora, mas mesmo assim ela não esconde que ele é o seu grande amor. 
E praticamente todas estas características estão presentes neste excelente filme Noir que é ‘The Big Combo’, com a exceção de uma femme fatale propriamente dita, embora tenhamos três mulheres envolvidas na trama. E todas elas são tristes e infelizes. 

Obs1: Para maiores esclarecimentos a respeito dos filmes ‘Noir’ recomendo a leitura de alguns artigos e trabalhos acadêmicos que podem ser baixados na Internet. Entre os mesmos, sugiro os seguintes: 

A) “Chandler no Cinema Noir: algumas reflexões sobre ‘A simples arte de matar’”, de Michel Misse, publicado na revista ‘Sociologia’, ano 15, número 34, set/dez de 2013, págs. 140-154; 

B) ‘Film Noir’: Análise e identificação das características, padrões e clichês do film Noir clássico’, Tese de Mestrado de Abigail Rito Fragoso; 

C) ‘Sobre crimes, mulheres fatais e investigadores: Do romance Noir ao film Neo-Noir, um longo percurso’ – Artigo da Profa. Marilu Martens Oliveira;

D) No livro ‘História do Cinema Mundial’ também temos um capítulo dedicado ao filme ‘Noir’, de autoria de Fernando Mascarello.
Susan é triste e infeliz em sua vida com o Sr. Brown e por isso ela tenta cometer suicídio. Amor, obsessão, sexo e psicose estão presentes na trama deste fantástico filme Noir. 
A trama de ‘The Big Combo’ se desenvolve em uma grande cidade dos EUA (que pode ser Nova York ou Chicago) e envolve um tenente da Polícia (Leonard Diamond) que investiga um perigoso e violento criminoso (Mr. Brown). Este último comanda uma organização criminosa que controla inúmeras atividades ilegais.

Porém, Brown é muito esperto e procura não deixar pistas ou provas das suas atividades criminosas, sendo que possui um grande cofre secreto em sua residência, no qual esconde dinheiro e armas. Brown fica impune dos crimes que comete, pois ele também consegue comprar o silêncio das pessoas que poderiam lhe criar problemas. A corrupção sempre era denunciada nos filmes 'Noir'. 

Já o tenente Diamond é obcecado em querer investigar e prender Brown, mas não consegue obter provas concretas do envolvimento dele em qualquer crime. E para piorar um pouco mais, ele ainda é totalmente apaixonado por Susan Lowell, a amante do chefão mafioso. 

As significativas despesas de Diamond com essa investigação (US$ 18 mil dólares) acabam por fazer com que o Capitão Peterson determine o encerramento da mesma, pois não existem provas do envolvimento do mesmo com qualquer atividade criminosa, mas Diamond não desiste e diz que conseguirá obter as provas necessárias para prender Brown em breve. 
Sr. Brown (interpretado magistralmente por Richard Conte) dá uma bronca em um boxeador que não consegue sentir ódio pelo seu oponente. Ele ama o poder e diz que 'O primeiro é o primeiro. E o segundo é ninguém'. 
Diamond chega a gastar o seu próprio dinheiro e a trabalhar no seu tempo livre durante seis meses tal é a sua vontade em prender Brown. Tal perseguição ao criminoso também ocorre em função do fato dele ser totalmente apaixonado pela amante de Brown, a bela Susan Lowell (uma loira linda e sensual que foi interpretada por Jean Wallace).  

Obs2: Na vida real, Cornel Wilde (Tenente Diamond) e Jean Wallace (Susan Lowell) foram casados por 30 anos, entre 1951 e 1981. 

Diamond tenta fazer com que Susan colabore com a Polícia, falando tudo o que sabe a respeito das atividades criminosas do mesmo, mas ela se recusa, pois é apaixonada por ele. Susan diz que Brown foi o primeiro – e único - amor da sua vida, embora ele a trate de forma autoritária, dizendo até que qual é a cor do vestido que ela deve usar, embora ela se recuse. A vida infeliz que Susan tem ao lado de Brown acaba fazendo com que ela fume e beba bastante, bem como a leva a confrontá-lo em várias oportunidades. 

No início do filme, Brown diz que conseguiu subir no mundo do crime por ser mais violento e implacável do que os outros criminosos e se orgulha daquilo que conquistou agindo desta maneira. Ele é orgulhoso e autoconfiante e não teme ninguém, pois sabe que possui aliados poderosos, que lhe dão cobertura para as suas atividades criminosas e que são bem remunerados por isso. 
Mr. Brown trata o tenente Diamond com arrogância e desprezo. Ele sequer olha para Diamond ou se dirige a ele diretamente. O policial quer prender Brown de qualquer maneira e não esconde que é apaixonado pela bela amante (Susan) do mesmo. 
Diamond é o policial honesto e correto, que trabalha o tempo inteiro e que se dedica a combater o crime acima de tudo. Ele é ironizado por Brown que diz ‘Ele é um homem correto’ em tom de desprezo, dizendo que o tenente ganha um salário inferior ao dos empregados dos seus hotéis. Mesmo assim, Diamond não desistirá enquanto não colocar Brown na prisão. 

Enquanto isso, Peterson é um capitão da Polícia que não esconde de Diamond que já livrou a cara de um grande criminoso no passado, mostrando que as linhas que separavam a Polícia e os criminosos eram bastante tênues, o que era outra características importante dos filmes Noir. Neles, a ambiguidade é uma característica que está sempre presente nos personagens. 

Desesperada com a vida infeliz que tem ao lado de Brown, Susan tenta cometer suicídio e Diamond se aproveita do fato para interroga-la no hospital. No local, meio inconsciente, ela acaba falando o nome de uma mulher: Alicia, o que deixa Diamond intrigado. E a pronúncia deste nome muda o rumo da história. 

Diamond chegou a mandar prender Brown e todos os empregados deste, a fim de descobrir alguma informação a respeito de Alicia, mas não conseguiu obter nenhuma prova do envolvimento de Brown com qualquer atividade criminosa, pois o mesmo ameaçou aos seus funcionários, que ficaram em silêncio. 
 O tenente Diamond tenta convencer Susan a contar tudo o que sabe sobre os crimes de Brown, mas ela se recusa a fazer isso, pois o ama, mesmo sendo muito mal tratada pelo mesmo. 
E Brown também não confessou absolutamente nada para Diamond, é claro, mesmo sendo interrogado com o uso do detector de mentiras. Durante o interrogatório ele demonstrou, novamente, o seu desprezo pelo policial, dizendo que conhece e vai a restaurantes aos quais Diamond jamais teria condições financeiras de frequentar. 

Assim, Brown saiu ileso, sendo que posteriormente ele mandou sequestrar Diamond, que acabou sendo interrogado por Brown e por seus capangas (Joe, Fante e Mingo). Diamond acaba sendo deixado bêbado em frente ao apartamento de Peterson, que percebe o que havia sido feito com o teimoso tenente. 

Durante a investigação feita por Diamond a respeito das atividades criminosas de Brown, o persistente tenente foi atrás de um antigo sócio do mafioso, que é Bettini, que é um velho solitário e que acaba contando a história de Alicia para Diamond. Bettinio acaba dizendo que a Alicia era esposa de Brown, mas que ela teria sido assassinada pelo mesmo durante uma viagem marítima, alguns anos antes, para Portugal. 

Porém, ao investigar o caso, Diamond descobre que Alicia não está morta, mas que vive perto dali. Ele descobre o local onde ela está e vai interroga-la, mas ela resiste a passar qualquer informação para o tenente. Ela demonstra, claramente, que ama e odeia Brown e que tem muito medo do mesmo, pois conhece o caráter inescrupuloso e violento do mesmo.
Mesmo sendo tratada de forma arrogante por Mr. Brown, Susan não resiste ao mesmo. No filme 'Cães de Aluguel', Quentin Tarantino interpretou um personagem que se chamava justamente 'Mr. Brown', numa clara homenagem ao clássico filme dirigido por Joseph H. Lewis. 
E fica claro que Alicia era muito mais bonita anteriormente, quando era esposa de Brown, mas que o tempo foi cruel com ela. Assim, Mr. Brown é aquele típico homem todo-poderoso que deseja ter uma bela mulher sob o seu domínio, mesmo que não sinta nada pela mesma. 

Quando Brown descobriu (por meio de Susan) que Diamond tinha obtido informações importantes a respeito de Alicia, o mesmo mandou Mingo e Fante ir até o apartamento do tenente, com o objetivo de eliminá-lo. 

Mingo e Fante formam um casal de amigos bastante próximos e que trabalham como capangas para Mr. Brown. No filme é sugerido que o relacionamento deles seria mais íntimo do que o habitual, o que também não comum nas produções de Hollywood nesta época. 

Mas quem estava no local era a bonita e sensual Rita, uma dançarina com quem Diamond teve um relacionamento amoroso e que ainda é apaixonada por ele. 

Quando ele a procurou, anteriormente, na boate em que ela trabalhava, e a convidou para ir à sua casa a fim de participar de uma 'festa', inicialmente ela recusou, mas logo depois ela mudou de ideia. Nesta ocasião ela reclamou que Diamond demorou seis meses para procurá-la, sugerindo ele havia esquecido dela. 
A bela dançarina Rita é apaixonada por Diamond, que sofre porque deseja amar e viver com Susan, que é a amante do mafioso Mr. Brown. 
Ela pede para Diamond que quando outra mulher fizer com que ele sofra, que ele não espere tanto tempo para procurá-la novamente. Assim, fica claro que Rita é apaixonada por Diamond e que eles passaram uma noite juntos na qual tiveram relações sexuais. 

Mas nos filmes da época isso era apenas sugerido, pois o chamado 'Código Hays' não permitia que as produções de Hollywood exibissem cenas de sexo. 

Rita já tinha avisado Diamond, em outro momento, de que Brown iria tentar matá-lo, mas ela é quem acabou sendo assassinada no lugar do homem que ela tanto amava.


Agora, após o assassinato frio e brutal de Rita, o tenente Diamond fica mais determinado do que nunca e quer prender Brown de qualquer maneira e, para isso, ele passou a contar com a colaboração de Susan, que passou a ver o seu amante do jeito que ele realmente é. 

Porém, Brown não quer correr riscos e tenta matar Fante e Mingo, pois estes sabiam tudo a seu respeito. No entanto, Mingo sobrevive à tentativa de assassinato e, desesperado em função da morte do amigo (Fante), ele decide colaborar com a Polícia. 
Diamond não esconde de Susan que a ama intensamente, mas inicialmente ela se recusa a colaborar na investigação que ele faz sobre o cruel Mr. Brown, apesar do tratamento possessivo e repressor que recebe do mesmo. No filme os relacionamentos entre homens e mulheres são, no mínimo, bastante problemáticos. 
Mas o esperto Brown foge, levando a bela Susan junto. Eles se dirigem até um aeroporto, pois ele havia contratado um piloto para levá-los embora, de avião. 

Diamond acaba usando a fotografia do corpo de Rita para convencer Alicia a colaborar com a Polícia e ela termina por concordar, dizendo qual era o aeroporto para onde Brown havia fugido com Susan. Alicia deixa claro que odeia todas as mulheres que se aproximaram de Brown. Assim, ela ama e odeia Brown ao mesmo tempo. 

Diamond chega ao aeroporto, que está imerso em total escuridão (o Noir...), o que deixa Brown assustado. Este desfere vários tiros na direção de Diamond, mas não consegue acertar nenhum. Diamond manda prender Brown que, desesperado, pede para ser morto, mas isso não acontece, pois ele não deseja ir para a prisão.

Diamond e Susan vão embora, juntos. 

Fim. 
Nesta cena o antigo chefe de Mr. Brown (Joe McClure) foi executado por Fante e Mingo. Mr. Brown retirou o aparelho de surdez que Joe usava, para que ele não ouvisse nada. E com isso não se ouve nenhum som nesta cena. Godard fez o mesmo no filme 'Bande à Part', de 1964. 

Informações Adicionais:


Título: The Big Combo (O Império do Crime);
Diretor: Joseph H. Lewis;
Roteiro: Philip Yordan;
Ano de Produção: 1955; País de Produção: EUA;
Duração: 87 minutos; Gênero: Filme Policial ‘Noir’;
Música: David Raksin; Fotografia: John Alton;
Elenco: Cornel Wilde (Leonard Diamond); Richard Conte (Mr. Brown); Brian Donlevy (Joe McClure); Jean Wallace (Susan Lowell); Lee Van Cleef (Fante); Robert Middleton (Capitão Peterson); Earl Holliman (Mingo); Helen Walker (Alicia Brown); John Hoyt (Nils Dreyer); Ted de Corsia (Ralph Bettini); Helene Stanton (Rita); Roy Gordon (Audubon).
Susan e Diamond vão embora, juntos, depois que Brown foi levado preso. Assim, eles irão começar uma nova vida. A fotografia escura e sombria é um dos aspectos mais marcantes deste fantástico filme Noir.  
Vídeo - Trecho do Filme:

Nenhum comentário: